Link1 Link2 Link3 Link4 Link5 Image Map

[Resenha] O Lado Bom da Vida

Olá leitores, tudo bem ? Estava passando por problemas pessoas e por isso não atualizei o blog diariamente.. Mas ao que parece as coisas vão se acertar agora, então poderei voltar a me dedicar aos livros. 
Hoje tirei o dia para ler O Lado Bom da Vida, e acho que foi uma leitura que veio na hora certa. É um livro bom, que na minha opinião não possui nenhum erro durante a narrativa, mas também não possui nada de extraordinário. O que eu mais gostei foram as lições de vidas passadas, então vamos começar..

Nome: O Lado Bom da Vida
Autor: Matthew Quick
Editora: Intrínseca
Páginas: 254
Classificação: 4/5

Pat Peoples, um ex-professor na casa dos 30 anos, acaba de sair de uma instituição psiquiátrica. Convencido de que passou apenas alguns meses naquele “lugar ruim”, Pat não se lembra do que o fez ir para lá. O que sabe é que Nikki, sua esposa, quis que ficassem um "tempo separados". Tentando recompor o quebra-cabeças de sua memória, agora repleta de lapsos, ele ainda precisa enfrentar uma realidade que não parece muito promissora. Com seu pai se recusando a falar com ele, a esposa negando-se a aceitar revê-lo e os amigos evitando comentar o que aconteceu antes da internação, Pat, agora viciado em exercícios físicos, está determinado a reorganizar as coisas e reconquistar sua mulher, porque acredita em finais felizes e no lado bom da vida. Uma história comovente e encantadora, de um homem que não desiste da felicidade, do amor e de ter esperança.

Pat é um cara bem loucão que está tentando ser otimista e ver o lado bom da vida mesmo estando no lugar ruim (que é uma clínica psiquiátrica), que o deprime uma vez que os médicos não acreditam em finais felizes e as enfermeiras são feias. Quando sua mãe se oferece para tirá-lo de lá, com a condição de que eles morem juntos novamente, Pat não pensa duas vezes antes de aceitar. Afinal, seria mais fácil voltar com a ex, Nikki, na casa da mãe do que no lugar ruim, não é mesmo?

Ele pisca para mim. Encaro isso como um adeus e boa sorte, então pisco de volta com os dois olhos - o que significa boa sorte em dose dupla pra você, Jackie, o que eu acho que ele entende, já que grunhe e bate a cabeça contra o ombro, como sempre faz quando entende o que alguém está tentando lhe dizer.
Saindo do lugar ruim, sua vida se resume a fazer coisas que o torne um cara melhor para Nikki, para que ela veja o quanto ele mudou e o tempo separados acabe. Ele é viciado em exercícios porque ela gosta de caras fortes (e porque o ajuda a controlar seus impulsos de raiva), faz uma espécie de diário para que ela posso se atualizar sobre a vida dele durante esse tempo longe (que é o livro), da gorjetas de trinta dólares porque precisa ser gentil e ela apreciaria isso.. Além de começar a ler os livros que sua ex-mulher gostava e ele sempre desprezara, mas os odeia uma vez que todos eles não possuem um final feliz e ele não entende o porque de Nikki, que era professora, fazer seus alunos lerem livros tão pessimistas.
A história tem bastante esportes, principalmente futebol americano. Pat tem que conviver com uma família que acredita muito em superstições para o seu time de coração, os Eagles, ganharem. Seu pai vive com o humor dependendo do resultado dos jogos, o que o torna completamente instável e desagradável. Ao contrário, sua mãe é uma pessoa maravilhosa que consegue a empatia do leitores, e você se vê torcendo para que ela consiga uma pessoa melhor.
Li algumas resenhas falando que tudo o que tiraram do livro foi futebol americano, e sinceramente não entendi. O livro é tão maior que isso, passa coisas tão bonitas! Não consigo entender como conseguiram fazer uma leitra tão superficial dessa história. 
Pat vive a vida como se ela fosse um filme, esperando pelo seu final feliz mesmo tudo dando errado, afinal, não é assim que acontece nos filmes ? Os protagonistas sofrem, tudo da errado, e quando estão no fundo do poço, algo maravilhoso acontece e eles vivem felizes para sempre.. Por que com ele seria diferente ? 

Então é isso que eu vou criar agora: a montagem do meu filme. Talvez você queria tocar "Gonna Fly Now" caso tenha um CD a mão - ou pode tocar qualquer outra música que o inspire - e ler com a música ao fundo. Nenhuma música é obrigatória, no entanto. 

Mesmo com seus momentos de loucura, me identifiquei muito com o personagem e fiquei torcendo para que tudo desse certo. Acho que todos os terminados, como diria Colin (O Teorema Katherine), já passaram por essa fase de não aceitação do término do relacionamento, quando você acha que se fizer qualquer coisa idiota como no caso ficar forte, ler um livro específico, a pessoa que você ama vai voltar a te amar. Depois disso também tem a fase de achar que nunca vai passar, que você vai ficar sofrendo para sempre.. mas é ai que vem sim o final feliz, não o que você esperava, mas um muito melhor. Não, a pessoa não volta. Surgem pessoas muito melhores na sua vida, que te fazem crescer e ser feliz como você pensou que nunca poderia ser. E isso não vale só para relacionamentos, acho que vale para qualquer tipo de problema ou decepção. 
O livro passa uma mensagem que pode ser vivida, de que nem sempre a pessoa que amamos nos ama de volta e que nem todo o final precisa ser feliz. Mas que depois do final sempre tem o começo de uma nova história, com pessoas novas que entram na sua vida, e essa sim pode ter um final feliz.

Em meus braços está uma mulher que me deu uma Tabela de Nuvens do Observador do Céu, uma mulher que sabe todos os meus segredos, uma mulher que sabe quão problemática é a minha mente, quantos comprimidos eu tomo, e que ainda assim permite que eu a abrace.
Então sim, eu amei esse livro. Tive um dia muito agradável lendo e recomendo a todos, e peço para que leiam com a mente aberta para ver que tem MUITO mais coisa do que apenas uma história sobre futebol americano. 
Quanto ao filme, eu o assisti primeiro porque não sabia que existia o livro. Não acho que tenha atrapalhado a minha leitura, embora eu já soubesse o que ia acontecer no fim. Existem passagens que são muito parecidas, mas eles também mudaram muuuuitas coisas na adaptação, então recomendo os dois, na ordem que vocês preferirem. 




E vocês, já leram o livro ou assistiram ao filme ? O que acharam ? Já passaram por essas desilusões ? Comentem!
18

18 comentários:

  1. Eu ja assisti o filme, eu pretendo ler o livro mas nao estou muito ansiosa por isso nao. Quem sabe mais pra frente... hehe
    Adorei a resenha!
    http://chocolatecomlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Confesso que não gostei muito do livro, já até fiz uma troca com ele. Não vi o filme, mas acho que deve ter ficado melhor do que o livro (o que é raro)
    Beijos
    http://literaturaeeu.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Eu fiz o contrário, li primeiro o livro. hehehe É normal as adaptações terem algumas (ou várias) mudanças quanto à história original. Adorei sua resenha e concordo com tudo que disse, também gostei muito do livro e as mensagens que ele passa são ótimas.
    Beijos, Lery. :D
    lerissakunzler.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  4. Oiii, ainda não li o livro e nem vi o filme :o hahah
    pretendo mudar isso em breve!
    Adorei o blog e lógico que já estou seguindo também *-*

    beijos, http://umlivronaestante.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Olá!!
    Eu amei sua resenha... Já vi o filme e achei super divertido kkk, os personagens são incríveis e é claro que os autores também, a história nos prende bastante e eu ri muito.
    Depois de ver o filme fiquei super curiosa para ler o livro, mas tenho tantos outros pra ler...
    Beijoos

    ResponderExcluir
  6. Ainda não li o livro, não tenho muita curiosidade. Mas o filme vai passar dia 11 na Sky, só não sei em que canal :/
    Quero ver só o filme!
    http://gatos-livros-chocolate.blogspot.com.br/
    ~Resenha nova~

    ResponderExcluir
  7. Toda vez que leio uma resenha sobre este livro, tenho vontade de chorar. Ano passado eu estava lendo e sem querer esqueci na escola, e nunca mais vi ele. :'(
    Super estava gostando da história e achava super divertido.

    Beijos.
    http://algoadefinir.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Eu vi o filme, e adorei !
    Excelente tarde de quinta querida !
    www.unhasebocas.blogspot.com.br
    www.facebook.com/pages/Unhasbocas/477832645611169

    ResponderExcluir
  9. Oi,
    Eu não sabia que existia o livro, só tinha ouvido falar do filme.Mas parece ser muito bom.
    Obs.:Seguindo.
    Beijos *Babi*(diquinhasdababinha.blogspot.com)

    ResponderExcluir
  10. Eu assisti ao filme, mas não li o livro. Achei o filme fraquinho, mas saí me sentindo tão bem do cinema (e eu estava meio deprimida) que fui me matricular em cursos e fazer algumas coisas que não fazia. Eu não acho uma obra de arte, mas imagino que deva ser um livro bom para nos fazer sentir bem e, às vezes, isso é necessário.

    Beijos,
    Nereida
    agua-marinha.net

    ResponderExcluir
  11. Amei este livro, a história é muito tocante. É uma ótima comédia romântica, a adaptação para o cinema pecou um pouco, mas não tira a perfeição da história.

    Obrigado pela visita lá no blog, seguindo também :D http://momentoliterario1.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  12. Eu quero muito ler esse livro, mas ainda não assisti o filme, pretendo assistir depois da leitura.
    Beijos..
    http://frases-perdidas.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  13. Preciso ler *-*
    Sucesso minha linda t4
    http://quesevamo.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  14. Oi Ju!
    Já assisti o filme, mas ainda não li o livro, está na minha lista de leitura.
    Do filme eu gostei, e a julgar pelo que todos falam do livro, acredito que eu vá gostar também.
    Ótima resenha!
    Beijos

    Li
    literalizandosonhos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  15. Vi o filme mais não gostei muito :/

    www.divasblog.com.br

    ResponderExcluir
  16. Oi Ju! Olha a intimidade! rs
    Adorei sua resenha. Ela basicamente fala o que eu achei do livro. Não entendo mesmo essas resenhas negativas. Sério. Como assim é um livro "chato" "vazio" ou que "só fala de futebol americano"? Tipo, Oi? Eu tirei lições muito importantes dele e acho que isso conta muito na hora de determinar se é um livro bom ou não. E deixa eu perguntar, você leu ele em 1 dia? Me superou! Li em 2 dias! rs.

    beijos, Tati.
    www.somosliterarias,blogspot.com

    ResponderExcluir
  17. Oi adorei sua resenha!.. muito obrigado...me fez se interessar pelo livro....mas vc já leu o livro reverso escrito pelo autor Darlei... se trata de um livro arrebatador...ele coloca em cheque os maiores dogmas religiosos de todos os tempos.....e ainda inverte de forma brutal as teorias cientificas usando dilemas fantásticos; Além de revelar verdades sobre Jesus jamais mencionados na história.....acesse o link da livraria cultura e digite reverso...a capa do livro é linda ela traz o universo de fundo..abraços. www.livrariacultura.com.br/scripts/resenha/resenha.asp?
    busca.livrariasaraiva.com.br/saraiva/Reverso
    www.buqui.com.br/ebook/reverso-604408.html

    ResponderExcluir
  18. Olá :)
    Ótima resenha! Você escreveu praticamente quase tudo que achei desse livro. rs
    Eu já fiz a leitura e gostei muito, apesar disso eu amo mais o filme. rsrs :D
    Bjus...

    http://my-stories-wonderful-books.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir